was successfully added to your cart.

Visualização de dados sobre Meteoros

By 2. March 2016Allgemein

Acabei de terminar uma aula online no Skillshare sobre visualização de dados.

O nome da aula é Data Visualization: Designing Maps with Processing and Illustrator, com o designer de informação Nicholas Felton. O exercício final é mostrar em um mapa, usando Processing, com uma ilustração dos dados de meteoros caídos na terra (veja os dados no GoogleFusion).

 

Os dados são tantos, seria impossível fazer manualmente. São 34513 meteoros catalogados, com dados sobre a data e o local onde caíram ou foram achados, o tamanho, ano, tipo de meteoro. É muita informação, porém criando-se uma maneira de visualizá-la em um mapa, por exemplo, o conteúdo fica mais palpável e bem mais fácil de se compreender.

 

Com processing é possível controlar melhor os detalhes e exportar como PDF, aí se quiser modificar algo, basta abrir o arquivo no Illustrator, já que todas as imagens são vetores.

Veja como ficou o meu mapa usando Processing:

Nesse mapa os círculos variam em diâmetro, dependendo dos dados sobre o tamanho do meteoro. Coloquei apenas os nome dos lugares dos 10 maiores meteoros.  Ainda estou testando outras formas de demonstrar os valores, é um mundo de possibilidades.

Quando estava procurando mais sobre a função map() do processing, acabei encontrando uma outra ferramenta online: Mapbox. É uma plataforma para criar mapas, fácil e interativa.

Consegui alguns resultados também muito legais, veja abaixo:

Veja o Pen Meteorite Strikes by América Cantarino (@Am3rica) on CodePen.

◉ meteoro encontrado


meteoro caído


O mapa acima mostra os locais, e em alguns casos as datas, dos meteoros que caíram ou que foram encontrados. Você pode usar o mouse para mover o mapa, ampliar o zoom ou reduzir. Gostei da facilidade em se criar mapas com essa plataforma, especialmente se a intenção é utilizá-los na web. Mas com processing as possibilidades estéticas são ilimitadas e é mais desafiador também. Ainda tenho que testar exportar o mapa do Mapbox, ver se há a opção de faze-lo como PDF. Fica para outro dia (deveres de mãe chamam).

 

Só para finalizar, recomendo a aula no Skillshare! ♥

Leave a Reply